22308927_1982638425326089_3731534473514838027_n

Associações conseguem fim da idade limite dos praças para CFO

A segunda-feira (09) foi de mobilização. Os policiais e bombeiros militares realizaram um ato público em frente à Governadoria, depois as associações representantes da categoria se reuniram com o senador Garibaldi Alves Filho pedindo apoio ao Projeto de Lei que dá fim a prisão disciplinar administrativa. No início da tarde a comissão se reuniu com a secretária chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, a secretária da Sesed, Sheila Freitas e os comandantes da PM e BM.

Após analisar minunciosamente todos os pontos da Lei de Ingresso, o governo acatou a proposta das associações em por fim ao limite máximo de 30 anos de idade para que os praças do serviço ativo da Polícia Militar se inscrevam no Curso de Formação de Oficiais (CFO). O projeto deverá ser encaminhado para Assembleia Legislativa ainda está semana.

22406145_1982638428659422_4321151806891433937_nRoberto Campos explicou que a luta não para por aí. “Uma das nossas maiores lutas agora é para abertura e ampliação do Curso de Habilitação de Oficiais (CHO). Hoje a oportunidade só existe para subtenentes e sargentos, queremos que os praças com um tempo estimado de profissão também possam concorrer ao CHO. Essa iniciativa vai garantir aos cabos e soldados uma maior oportunidade de ascender ao ciclo de oficiais”, diz

Ainda durante a reunião o executivo estadual se comprometeu em pagar o retroativo dos promovidos em dezembro de 2015, alegando que o despacho já está na Coordenadoria de Folha de Pagamento (COPAG), assim como a implantação dos promovidos em abril de 2017.

Outra mudança é revogação do decreto que rege a seleção das vagas para o Curso de Formação de Sargento (CFS). Atualmente metade da oferta é ocupada seguindo o critério de antiguidade e a outra parte por meio de seleção interna. Com a suspensão da medida, seguindo a Lei de Promoção dos Praças, a antiguidade será o único critério de seleção a ser adotado. “A expectativa é de que ainda neste mês de outubro seja dado início a formação de mais uma turma do CFS”, ressalta o presidente da ACSPM/RN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *